Resenha: Paletas Burgundy e Desert - Ruby Rose

quinta-feira, setembro 26, 2019

Oi #Tabavilhosas,  na resenha de hoje trago pra vocês as paletas de sombra: Burgundy e Desert, ambas da Ruby Rose. Essa linha de paletas fez o maior sucesso, pois são consideradas dupes (primo baratinho) das Paletas Obsessions da Huda Beauty.



Não posso deixar de citar que foi uma “jogada de mestre” da marca, e mostra também que a mesma está super ligada nas tendências. Eu achei essa ideia incrível, pois nos permite ter produtos - mesmo que inspirado - com preço acessível. A coleção possui 9 paletas para atender todos os gostos.

Imagem: Beleza Make
A embalagem: as paletas tem o formato arredondado, e cabem exatamente na palma da mão. O design é padrão em todas as paletas da linha, mudando somente a cor do impresso que é de acordo com as cores das sombras de cada paleta. A tampa tem detalhe de acrílico transparente aonde podemos identificar as sombras, acho esse ponto muito positivo, pois ajuda na visualização das cores e facilita na hora do uso. O impresso da tampa é em metálico e podemos notar a logo da marca, o nome da paleta, e uma identificação em inglês - eyeshadow and primer - se referindo que possui sombra e primer. Não senti dificuldade ao manusear a embalagem, abre e fecha facilmente.




As paletas possuem  9 sombras que são divididas em: sombras metálicas e sombras mates, são edição limitada, até o fechamento dessa postagem havia algumas disponíveis no site da marca ainda. A paleta Burgundy possui: 6 sombras mate e 3 metálicas, já a paleta Desert possui 5 sombras mate e 4 metálicas. No centro da paleta se encontra o primer. Na parte de trás encontramos algumas informações do produto, como: lote, data de validade e precauções. Senti falta da composição do produto. Mas em contrapartida ganha ponto positivo por deixarem nitidamente a data de validade.



Usabilidade: outro ponto que não posso deixar de citar é a composição das cores, mesmo não tendo uma original da Huda Beauty em mãos, comparando por fotos podemos perceber que as cores ficaram bem fiéis, e a Ruby Rose arrasou na escolha e na produção de cada um delas.

Imagem: Jéssica Make
O primer que vem na paleta, acredito que ele siga um padrão de todas as outras já lançadas pela Ruby Rose, ele tem uma tonalidade de “pele”, realmente ajuda a realçar a pigmentação, mas não posso afirmar que ajuda na fixação das sombras, até porque acho ele bem oleoso, e se aplico somente ele nos olhos sem uma preparação de pele adequada ele acumula nas minhas pálpebras, pois tenho pálpebra gordinha. Mas como sempre faço preparação de pele, e todo esse processo que faço ajuda na fixação das sombras não posso dar uma opinião concreta sobre o primer. Na verdade acho que a Ruby Rose sempre o mantém em suas paletas mais por uma questão de identidade do que de usabilidade mesmo. 

Tanto a Burgundy quanto a Desert, possuem sombras super pigmentadas que não deixam nada a desejar. Consegui construir camadas com ambas, usando tanto as sombras mate como as metálicas. O toque das sombras mate é bem seco, porém entregam a cor com muita facilidade, esfarela bem pouco. Já as sombras metálicas possuem um toque amanteigado, ao serem depositadas não perdem o brilho, não acumulam e não esfarelam ao ponto de estragar uma maquiagem. Ambas esfumam com facilidade.














Não tive qualquer problema com ambas as paletas, mas conversando com uma amiga e blogueira, a Thaís Dias (conheça o blog dela clicando aqui), ela relatou que a experiência dela com a paleta Magic, da mesma linha, não foi a das melhores, e que a paleta apresentou dificuldades na usabilidade. Confere só:

"Oii gente, vim a convite da Tábata para compartilhar com vocês a minha experiência com a paleta da Ruby Rose Magic, que possui uma variação de tons de roxo, com 3 sombras opacas e 6 sombras cintilantes/metalizadas, além do primer. 


As sombras opacas são difíceis de pigmentar, a cor que apresenta na embalagem é quase missão impossível de ficar nos olhos, até fazendo o swatches com os dedos percebe-se que a cor não pigmenta e nem se aproxima da cor da paleta. Agora as sombras cintilantes esfarelam bastante e infelizmente o brilho  não fica a mesma coisa nos olhos. Testei aplicando com os dedos e pincéis, nada funcionou. Realizei uma maquiagem usando a paleta, foi muito difícil trabalhar com ela pois tive que criar muitas camadas para a cor aparecer e isso torna difícil criar um degradê de cores, além dessa dificuldade o resultado da make ficou muito longe do efeito que desejava. 





Confesso que os únicos pontos positivos da paleta foram a embalagem e o primer de sombras.

💕
A embalagem gostei por sua praticidade, você consegue ver todas as cores da paleta sem precisar abrir. É compacta para levar para qualquer lugar.
💕 O primer de sombras vem no centro da paleta e parece com um corretivo cremoso, fácil de aplicar e com uma textura bacana para essa função.

De modo geral não compraria novamente a paleta Magic, mesmo o preço sendo super acessível."

Achei muito interessante trazer a experiência da Thaís para vocês, porque eu me surpreendi com essa funcionalidade da paleta Magic. Primeira vez que ouço falar que uma paleta da Ruby Rose não pigmenta, todas que eu tenho até hoje, não tive dificuldade em usar. Thaís comentou também que essa em específico ficou “agarrada” nas vendas da loja em que ela comprou, então  conta pra gente se caso você possui a mesma paleta, e se isso aconteceu com você também! Não sabemos se foi um erro geral de produção ou se foi um lote que não deu certo. 

Por essas e outras que sempre incentivo vocês a procurarem resenhas sobre lançamentos e produtos antes de comprar, por mais que sejam famosos em sua usabilidade, mas todos estamos sujeitos ao erro, não é mesmo?


Compartilhe essa resenha com seus amigos! Inscreva o seu e-mail para que receba os posts em primeira mão! Me siga no Instagram, pois sempre estou por lá compartilhando dicas e meu dia a dia, interagindo com vocês. Um grande beijo e até o próximo post 💋.

You Might Also Like

3 comentários. Clique aqui para comentar também!